sexta-feira, 15 de julho de 2016

Dedicatória: Carinho em Forma de Palavras

Dedicatória: Inscrição em que se dedica a alguém uma produção literária, artística, etc. Essa é a definição dos dicionários. Mas para mim, é bem mais que isso.
Eu sempre amei os livros. Sempre amei as fotografias. E sempre amei as dedicatórias. Aquelas palavras geralmente escritas com grande carinho na parte de dentro da capa de um livro, atrás de uma foto...

“Um singelo presente,
pra você, que é feita
de poesia…

Feliz dia!
               De: Tami                
11/08/15”
 Palavras que transmitem carinho, amor, respeito ou admiração. Elas vem acompanhando um presente, mas devo dizer que sempre me animo mais com a dedicatória do que com o presente em si. Não que eu não goste de histórias. Mas talvez eu tenha um apreço maior pela história que está por trás daquelas palavras. Pela história dos laços construídos e que se desenham nas letras de uma página. Página que parafraseando Saint Exupéry, seria igual a cem mil outras, mas se torna única.


“Paula,
o sol é para todos,
mas eu te dou
a minha parte.
você é a minha luz.
02/03/13   Thar”

Além de amar receber dedicatórias, também amo escrevê-las. Deixar um pouquinho de mim no papel do livro. Deixar um pouquinho de mim para a pessoa. Desejando que ela abra o livro e lembre de mim. Lembre de nós.
Mas, nem tudo é dar e receber, embora isso seja fantástico.

Já foram num sebo e encontraram uma dedicatória fascinante num livro? Já viajaram buscando entender uma história real da qual você não faz parte? Já se alegraram com bons sentimentos que não foram escritos e nem direcionados para você? Eu já. Procuro dedicatórias em sebos, em trabalhos monográficos, dissertações, teses e onde mais elas puderem ser encontradas. Porque gosto de ver o amor. Ler o carinho. E afinal, o que são as dedicatórias além de carinho em forma de palavras?



“Filha, esta é a história de
amor mais linda que eu
já li.
Sempre que leio Garcia
Marquez me sinto mais perto
do meu pai.
Aqui está um pouco da
terra do avô que você
não conheceu, portanto
espero que você se sinta
perto dele.

Tenho certeza que ele
teria muito orgulho de
você, o mesmo que eu
também sinto. Te amo.
09/11/2013"

Das mais simples as mais elaboradas, todas são especiais. Quantas histórias, quantos amores, quantas vidas podemos conhecer através de poucas palavras? Sentimentos, pessoas, sonhos... Estão todos ali, juntos, direcionados a alguém querido.


“31/12/98
Gabriela,
este livro traz estórias de um homem saudoso de seus tempos de menino, de criança. São estórias lindas, que muito enriquecem quem as lêem.

Você, minha filha, um dia refletirá sobre as coisas de sua infância, sobre seu tempo de menina, e sentirás uma saudade inexplicável e incontrolável.

Nesses dias de reflexão, quando então terás a exata ciência de quão cruéis são os homens adultos em suas ambições desenfreadas, quererás retornar a um tempo de inocência, quererás ser, como efetivamente és, uma pequena princesa…

Deus permita que guardes esse ar de alegria e inocência.

beijos de seu pai
Zeca Pedra”

Hoje, viajando pela internet eu encontrei o projeto Eu te dedico , que reúne várias dedicatórias enviada por quem assim como eu, ama essas palavras tão significativas. Desse projeto é que vieram as dedicatórias que estão ao longo do post. Então, eu convido vocês a conhecerem o projeto e a escrever aqui nos comentários qual foi a dedicatória  mais bonita que já escreveu ou recebeu. Ah, e não esqueça de dar G+!

8 comentários:

  1. Posso ser sincera? Eu nunca recebi um livro com dedicatória :'(

    Porém eu confesso que a melhor dedicatória que fiz foi para o meu sogro no livro Na Natureza Selvagem! Adoro ler dedicatórias e espero que um dia receba um livro com uma HAHAHA

    ResponderExcluir
  2. Oiiiii Isabella, como vai?
    Menina eu acho que desmaiaria se receberia a dedicatória assim, eu tenho uma penca de livros com dedicatórias para mim que tem um lugarzinho na minha estante. Achei incrível as suas fotos e sei bem como se sente.
    Beijinhoss

    ResponderExcluir
  3. Interessante este projeto que você encontrou. Vou visitar o site.
    Sabe, na biblioteca da família, temos muitas edições, até mais antigas que as de suas fotos, com dedicatórias lindas.
    E o que é mais incrível em tudo isso, é a parte histórica, né?

    Beijinhos...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Que post maravilhosos, me apaixonei.
    Receber dedicatórias é divino. Eu tenho muitos livros com dedicatórias, mas uma vez recebi uma em um pedaço de papel dentro do livro, pois ele não queria "rabiscar meu livro", então eu guardo esse papel até hoje, pois ele não está mais aqui para me dar mais livros. Meu tio.
    Nossa eu fiquei realmente encantada por essas que você postou aqui.
    Ótimo post.
    Beijos
    http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem.

    Que lindo! Eu também adoro dedicatórias. Não recordo de nenhuma que recebi no momento, mas escrevi uma para uma amiga, lembro que comprei dois livros para ela e escrevi algo. Outra coisa muito legal é os livros usados que compramos em sebos que já vem com dedicatória e marcações, gosto disso. Lindo projeto.

    http://chalecult.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nossa, que massa!
    Eu não rabisco meus livros DE JEITO NENHUM, mas receber um livro de presente com uma dedicatória é algo muito especial.
    São duas situações totalmente diferentes!
    Adorei o post <3
    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, adorei o post...

    Eu sempre exijo que coloquem dedicatórias nos livros que recebo de presente, é uma forma carinhosa de recordar daquelas pessoas especiais que te presenteiam com livros.

    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Olá Boa tarde...

    Estou até agora muito pensativa com uma dedicatória de um livro que ganhei a uma semana atrás em um sorteio na facul. Fui pedir pro meu professor que é o autor do livro, deixar sua assinatura, nem imaginava o que escreveria. Porem a dedicatória é a seguinte: A (meu nome) com muito carinho e admiração. Achei muito forte as palavras "muito" e "admiração" e por incrível que pareca, é um Professor no qual Admiro e Respeito muito, porém jamais expus isso a ele. Será que isso se chama reciprocidade, mesmo nunca deixando transparecer um pro outro? Afinal é o meu Professor... rsrsrsrsr

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...