segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Considerações: 1º Semestre do Curso de História

Olá queridos leitores! Acho que a maioria de vocês que acompanham o blog, sabem que eu estou cursando a faculdade de História. Hoje, eu vim contar para vocês como foi o meu primeiro semestre e quem sabe ajudar quem está pensando em seguir pela linda carreira do magistério e se aventurar na fascinante matéria que é História.

Vou enumerar em tópicos aqui para que vocês compreendam melhor, ok?
  1. Não, História não é fácil - Assim como a maioria dos amantes da história no ensino médio, cheguei a universidade cheia de expectativas e acreditando que seria tudo simplesmente mais fácil, já que era um curso que eu gostava e achava interessantíssimo. Ledo engano, amados. São muitos textos. Muitas regras de ABNT. Muitas cobranças. Muita novidade. E a avaliação? A avaliação é completamente diferente das provas de ensino médio. Não, você não responde uma questão com algumas poucas linhas. Você responde em algumas folhas. E os trabalhos? São tantos, tantos autores para consultar...e tantas regras a serem seguidas...
  2. As Matérias - Nesse primeiro semestre eu tive cinco disciplinas: História Antiga, História Medieval, Antropologia, Sociologia e Introdução aos Estudos Históricos. Medieval simplesmente destrói toda a visão que os alunos faziam sobre este período. História Antiga é História Antiga só que um pouco muito mais complexa (sorte que tive um excelente professor). Antropologia é uma matéria que nos faz refletir MUITO sobre o diferente, sobre imergir na cultura alheia. Introdução aos Estudos Históricos é uma aula sobre técnicas, métodos e todas as regras para trabalhos, provas, citações, pesquisas, etc (a parte nem tão legal da história). E por fim, Sociologia, que para mim foi simplesmente a melhor matéria do semestre. Os textos são maravilhosos, acrescentam muitíssimo a bagagem cultural e nos fazem ter uma visão ainda mais crítica a respeito da história.
    Alguns nomes da Sociologia estudados no semestre: Weber, Marx e Durkheim. Imagem retirada da internet. Créditos não encontrados.

  3. Visão Crítica - Sim, o curso de história é da área de humanas, então é claro que temos que desconstruir alguns paradigmas rs. A maioria dos professores falaram sobre a importância do questionamento, das discussões, da crítica histórica e sobre como nunca devemos aceitar algo como fato. Sim, isso abre mentes e ajuda muito no crescimento pessoal.
  4. Não, nem todos são comunistas - Ao contrário do que o senso comum diz, nem todos os estudantes de história são discípulos de Marx, meus caros. Há estudantes e professores de esquerda, de direita, de centro, liberais e conservadores... enfim, de todos os tipo.
  5.  Não Mude pelos Outros - Por último, gostaria de deixar um conselho pessoal: não mude por medo do que vão pensar de você. Sim, existem pessoas na faculdade que usam drogas, que bebem muito e etc ( e não, isso não acontece somente no curso de história, mas em muitos) e as vezes elas te incentivam a fazer o mesmo. Não faça algo para impressionar seus colegas ou os veteranos. Não são eles que realmente se importam com você ou com seu bem estar. Cada um faz suas escolhas, então escolha com sabedoria e com base em quem você é, nos seus princípios e não por influência alheia. E isso não serve só para esse tema, mas para a vida.
Enfim, eu estou gostando do curso embora tenha sentido bastante a diferença entre escola e universidade. É muito mais difícil, muito mais cansativo, mas é bem interessante e um curso maravilhoso. Semestre que vem as matérias parecem estar ainda melhores e não vejo a hora de estudar História Contemporânea, América e Brasil... E África, e Europa e...tudo! E vocês? Estão fazendo faculdade? Qual Curso? Não esqueça de responder aqui nos comentários e dar G+ para ajudar com a divulgação! Até a próxima!

29 comentários:

  1. Olá minha linda,

    Não sou estudante de História, mas sou de Ciências Sociais e Turismo e admiro muito seu curso.
    Ler e criticar são essenciais aos acadêmicos e a vida universitária é bem diferente do ensino médio. Na Academia somos auto-didatas e não somos mais vítimas da sociedade, mas construtores de opiniões livres do senso-comum.

    Como eu gosto de dizer, se auto titular como Esquerda, Direita, Centro e afins é besteira. É limitar-se a uma visão restrita e trará consequências como resistência a mudança, ao bem maior e a democracia. Eu não sou nada, apenas humana e isso já me basta...tive discussões intensas por causa disso, mas adoro discutir e filosofar...é viver!

    Força e coragem para essa nova etapa em sua vida.
    Beijos e gosto de algumas coisas em Marx e muitos outros sociólogos.

    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom seu comentário, Dona! Vamos lá um curso universitário trás muitas responsabilidades. São pesadas, diferente do meio em que estávamos, no entanto é essencial para construir uma lógica de um pensamento concreto.

      Desconstruir, construir, refutar, reciclar e modelar são palavras básicas para alguém dedicado a essas áreas. E o mais importante do que tudo que você escreveu: é a liberdade de pensamento.

      Desde que nascemos estamos presos na dualidade bem-mal, diado-deus e pq cargas d'água teremos mais uma, esquerda-direita?

      As definições aprisionam, limitam sua dedução a um determinado alcance, a humanidade não muda quando os conceitos ainda são presos. Gosto de me sentir um "espírito livre" embarcar em diversos conceitos, misturá-los e formar o meu próprio, somos humanos e não há limites para nossas conquistas.

      Parabéns pelo comentário e também para Isabela, autora do post.

      Até as estrelas!

      Excluir
  2. Parabéns pelo post.
    Quando estudei Artes Visuais na faculdade, eu poderia escolher uma disciplina de outro curso para fazer (regras da universidade todo estudante era obrigado a fazer uma matéria de outro curso em qualquer semestre, para conhecer e não ter preconceito). Eu fiz antropologia e me apaixonei.
    Sempre achei interessante história, acho um curso incrível.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Hello!
    Que legalll que vc estuda História! Eu cheguei a passar na Federal de Ouro Preto, mas desistir de fazer por outras questoes pessoais, mas eu amoooo demais essa area.
    Muito bom vc falar que nem todos os estudantes de história são discípulos de Marx, hahaha..as pessoas tem mania de colocar rotulos na gente.
    Escola e faculdade sao diferente mesmo, mas eu amo os dois!! Cada um tem seu lado bom e ruim.
    Beijos.

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Oiii, tudo bem?
    Eu estou também no primeiro semestre de História, no semestre passado eu fazia Pedagogia, mas quando entrei na faculdade sempre estive em dúvida e acabei passando em pedagogia, era apenas uma opção.
    É bem diferente como tu falou em relação do ensino médio, muuuitas coisas para ler e fazer, eu faço apenas duas cadeiras e estou enlouquecendo hahaha mas ano que vem vou fazer três!
    E outra coincidência, estou fazendo Antropologia, é uma cadeira vamos se dizer muito interessante. Eu estou gostando bastante, pretendo continuar com história.
    Beijooos

    ResponderExcluir
  5. Olá! Adorei o seu texto, ainda mais que nunca conheci ninguém que cursou História, e é algo que me interessa. Apesar de não ter pretensão de cursar, sempre fiquei imaginando como seria a rotina de estudos e as matérias estudadas. Legal que já no começo você está levando a sério e percebeu que a faculdade é um ambiente de debate, de crescimento pessoal. Eu sou formada em jornalismo e sei o quanto a história interfere na minha profissão, ainda que indiretamente. É essencial =) Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Ótimo post!
    Acredito que vai ser muito útil para quem está pensando em fazer História.
    Sempre achei que o curso de História não fosse fácil, como você disse, envolve muitos aspectos e passamos a ver não mais com a visão de um estudante de ensino médio.
    Na época da escola eu não gostava muito da matéria, mas hoje em dia, se tivesse que estudar novamente, acredito que gostaria muito mais. Como a gente muda, não? rs
    Beijos e boa sorte no curso.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  7. Olha realmente tenho que concordar com você que faculdade não é nada fácil.
    A gente pensa que tudo é as mil maravilhas, mas é muito mais complexo do que isso.
    Eu que fiz facul de Webdesigner foi complicadinho também, principalmente por conta dos trabalhos de programação PHP que eu sinceramente odiava e quem fazia essa parte era um amigo meu, porque eu me enrolava toda rs

    Mas tipo, dá trabalho agora, mas depois seu esforço de estar se formando compensa tudo. O problema que no meu caso é que eu não sinto falta de ninguém da minha faculdade. Era tudo um bando de PANELA. Eu odeio gente desse tipo e sinceramente não guardo boas recordações não, só de pessoas que realmente me ajudavam e que eu ajudava. Enfim...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/11/cronica-o-mundo-desabando-e-gente-se.html

    ResponderExcluir
  8. Ola Isa parabéns pelo curso, menina quanta coisa para ler hein, e essas respostas gigantescas, confesso que nunca gostei dessa matéria, mas fico muito feliz em ver seu empenho e empolgação, e todo esforço seu terá grandes resultados. beijos

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Isa tudo bem, legal essa explanação, eu fiz Adm então não sei como é essa mudança do ensino médio para faculdade de História. Mas pela sua descrição percebe-se que a matéria vai muito além do que entendimento, é mais complexo e maduro. Mas com certeza será um desafio bem interessante para vc e seu futuro.
    Bjkas

    ResponderExcluir
  10. Isabella, o choque que temos de escola para universidade é gritante e assustadora, normalmente desconstrói tudo que sabíamos até o momento.
    Mas também abre muito nossa mente e nossa visão de mundo.
    Que bom que você está gostando.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  11. Olá Isabella!
    Adorei o post, sempre tive vontade de fazer faculdade de história ou história da arte, mas acabei indo fazer direito hahahaha Como não tinha nem historia nem história da arte aqui, acabei optando pela carreira da família kkkk. Mas graças a deus ja estou formando, falta menos de um mês. E quem sabe futuramente faço algumas das duas que eu queria antes, mesmo que por hobby.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá, parabéns pela faculdade! Eu tenho uma amiga que faz história e ela gosta bastante. Eu sou um desastre em se contar de faculdade, eu já fiz um semestre de ciências contábeis e não deu certo, daí fiz um semestre de Letras e também não deu certo, daí agora vou pro Direito que vai ter que dar certo! hahaha

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  13. Oi Isabella, atualmente eu curso Letras, e te digo que licenciaturas são apaixonantes mesmo. História é um curso que eu desejo cursar ainda. Eu fiz um semestre de Direito, e nele eu estudei Antropologia, gostei demais da área, talvez uma das melhores disciplinas que já tive na vida!
    Suas considerações são muito parecidas com as minhas quando eu terminei o primeiro semestre, mas nada melhor do que fazer o que se ama, não é mesmo?
    Beijos,

    Juliana Duvi
    http://claqueteliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Então florzinha, eu queria muito fazer história, na verdade, até hoje não sei porque não fiz, no último instante mudei pra serviço social e foi...
    Acho que a visão de que só tem maconheiro em história até eu tenho até hoje pelas universidades que vejo é pelo que falam, acho que isso Tbm me influenciou bastante.
    É a questão com discípulos de Marx tange qualquer curso de humanas, não, só história hahahaha.
    Bjs
    Tay do Let It Shine

    ResponderExcluir
  15. OI Isabella!
    Que bom que está gostando da faculdade. Me senti muito perdida no meu primeiro semestre, foi bem louco. Mas, acho que eu não faria história... Gosto muito do curso que fiz e até penso em fazer outras faculdades, mas não história. É mesmo pra quem tem o dom, pra quem nasceu pra isso!!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  16. Oi Isabella,
    Legal demais seu post, super informativo.
    Mas é isso, faculdade nenhum é fácil com pensam...
    A começar pelas ditas regras da ABNT, pensei que fosse ter um treco por causa delas hahahah
    E isso de descontruir paradigmas, NOSSA, nunca aprendi tanto em tão pouco tempo.
    É como diz a música: "Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo."

    Abraço e Bons Livros,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir
  17. Posso brincar: No final você vai é vender miçangas rsrsrs. Desculpa a piada sem graça. Mas é que eu fiz Letras, imagina o quanto eu ouvir essas coisas de humanas da depressão.

    Falando série. Achei ótimo a sua postagem sobre o primeiro semestre. O que você falou serve para todos os cursos. É uma grande mudança do Ensino médio para a Universidade. Eu, particularmente, amei tudo. A vida acadêmica me inspira.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Sei que todos os cursos possuem um grau de dificuldade diferente, mas menina, História parece ser muuuuuito difícil!! Já pensei em ir por esse ramo, mas meu negócio mesmo é a psicologia :D Pretendo entrar na faculdade ano que vem, se tudo der certo!
    Ameeei o post!
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  19. Olá!

    Adoro História, mas se eu tivesse escolhido o Magistério, seria professora de português! Espero que você conclua seu curso, pra ser professor, tem que ter talento! Como não é meu caso, decidi ser jornalista rs Boa sorte!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Oii, tudo bem?
    Cara eu sempre quis fazer história, amava essa matéria no ensino médio, mas como não tinha muito campo para atuação profissional aqui no lugar onde moro decidi fazer Serviço social.
    Amei o post, parabéns.
    Bjs da Mary
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oiiie
    Nossa, a faculdade é uma época bem complicada, acho que começo a minha ano que vem e estou bem nervosa ahha adorei o post informativo

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oie! Bem eu não estou ainda na facul, mas já fiz o vestibular e tô em todos os cursos possíveis enquanto não entro eu vou começar adiminstração, números e mais números uma loucura, depois pretendo fazer psicologia, ai vem louca e mais loucura.
    Boa sorte e não desista se gosta mesmo do que está fazendo.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
  23. Muito bacana essa sua postagem, hoje curso Licenciatura em letras e compreendo algumas das dificuldades e expectativas q vc passou. Daqui pra frente soh piora kkkkkkkkkkk... mas piora de uma forma boa. vai entender...
    SUCESSO!!!!

    ResponderExcluir
  24. Oiii!

    Meu pai e formado e professor de história, eu não sou muito fã de história e escolhi jornalismo que sempre está ligado com essa matéria.

    Desejo sucesso na faculdade e que você continue apaixonada pelo curso pq isso faz tudo passar rapido.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  25. Oi!
    Sou formada em História e concordo com tudo que você escreveu. História é um curso que muda nossa visão de mundo e nos faz mais críticos e mais participativos. Também acho que existe muito preconceito com curso, afinal nem todo historiador é comunista ou drogado.

    Bjs!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  26. Oiii meus parabens pelo seu curso... confesso que eu não teria coragem de fazer essa faculdade e te falo que nunca pensei que era facil justamente pelo excesso de dados e fatos que tem que memorizar... naõ é pra mim de fato.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  27. Oi, tudo bem?

    Eu nunca tinha tido muito contato com o pessoal da História, inclusive, não sabia direito os campos de estudos deles que, depois, seriam aplicados. Mas comecei a trabalhar em um Centro Histórico-Cultural daqui da minha cidade e, apesar de eu trabalhar somente com a parte cultural, convivo com muita gente da História. Graças a essas pessoas ~maravilhosas~ acabei conhecendo muita coisa linda e surpreendente. Sempre gostei muito de História e trabalhar nesse centro é um paraíso para mim, sempre aprendo coisas novas. Espero que, quando chegar a hora de você fazer estágio, encontre um lugar bacana. Parabéns pela escolha profissional, admiro muito :)

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  28. Achei sua postagem super bacana. Mas você só concluiu o primeiro período, o bicho pega depois do terceiro. Contudo, você descreveu a mesma sensação que eu quando terminei o primeiro :D

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...