sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Além da Sala de Aula - Uma Reflexão sobre o Magistério

Hoje eu estava assistindo televisão quando começou a Sessão da Tarde. O filme era "Além da Sala de Aula". Fala sobre uma professora recém formada, Stacey,  que adiou seu sonho de lecionar por conta de uma gravidez não planejada e que encara o seu primeiro desafio: ser a única professora de uma escola para sem tetos.

A escola não tem nome e nem material para trabalho. Os pais não se interessam pela educação dos filhos e a maioria das crianças é desinteressada e com passados nada felizes.
Em resumo: com muita boa vontade e amor aos alunos, Stacey vai atrás das autoridades pedindo carteiras, livros e todo tipo de material que possa encontrar. Se interessa pelas crianças, conversa com elas e dá todo o afeto que a maioria não recebia em casa. Procura os responsáveis dos alunos, conversa, ajuda e apoia as famílias. Em resumo: Stacey se torna a heroína daquelas crianças. Muda suas vidas através do amor e da educação.

Sim, o filme é baseado em fatos reais. Stacey Bess realmente existiu e recebeu prêmios por seu trabalho. Mas não quero falar somente sobre o filme. Quero falar sobre as inúmeras Stacey's que existem. Sobre todos os profissionais que lidam diariamente com as dificuldades de realizar seu trabalho. Sobre todos aqueles que apesar da falta de recursos, da falta de reconhecimento, da falta de autonomia, respeito e muito mais, ainda vão todos os dias compartilhar sua vocação com outros.

Um bom professor não é necessariamente o que tem o maior currículo ou o maior conhecimento acadêmico. Também não é necessariamente o que tem mais experiência. Claro que isso é importante. Mas o que faz um professor ser realmente bom é o seu interesse. Interesse pela sua disciplina? Sim, mas principalmente interesse pelos alunos. Por suas vidas, histórias, traumas, dificuldades, habilidades, sonhos e interesses.



 Um bom professor é de fato o que como diz o título do filme, vai "Além da Sala de Aula". Até porque não serão todos os alunos que terão uma boa base familiar, não serão todos os que se encaixarão no ditado "educação vem de casa." Deveria vir, mas a realidade é que no caminho de um educador, nem todos os passantes tem os mesmos privilégios ou oportunidades. Cabe a ele decidir se vai ou não interferir para tentar orientar ou mostrar uma estrada melhor. Mas creio que na escolha pelo magistério, a escolha já foi feita.Quem opta por licenciatura geralmente é sonhador. E ser sonhador é bom. Ser sonhador é um pré requisito para ser realizador. E é disso que precisamos. De realizadores. De transformadores. Que realizam transformações nas vidas de crianças e jovens. Que vão além da obrigação. Que distribuem coisas boas que ficarão guardadas na mente dos seus alunos por muito e muito tempo. Eu tive o privilégio de encontrar pessoas assim na minha jornada. E daqui a alguns anos pretendo ser um pouquinho do que eles foram para mim, para os meus futuros alunos.

Gostou do texto? Dê G+ e me ajude a divulgar! Curta nossa página Pausa pra Conversa e fique por dentro das novidades do blog, além de conferir imagens e textos literários todos os dias. Bjs
 

16 comentários:

  1. Olá!

    Parabéns pela escolha! Magistério era meu sonho de infância, porém, na atual situação da Educação brasileira, troquei as letras pelo Jornalismo. Não me arrependo, até porque se eu fosse escolher meu sonho de infância, eu dificilmente seria feliz. Mas, sei que posso ajudar de outras formas. Também tive professores incríveis na minha vida. Boa sorte na sua jornada!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Em alguns locais os professores são membros respeitados na comunidade, possuem até mesmo autoridade para abordar alunos fora da escola, ir até a casa do aluno para falar com os pais, e o aluno pode ir até o professor pedir orientação a qualquer momento. No Brasil o pai/responsável mal vai a uma reunião de classe imagina ter o filho reprendido fora da escola 'é o fim do mundo'. O professor tem que ir até o aluno, mas o aluno tem que deixar.
    Eu concordo plenamente que o professor precisa ser interessado, só que ele precisa passar esse interesse para os alunos.
    Parabéns ser professor hoje, no Brasil, não está sendo fácil.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oiii!

    Eu concordei com seu post! Meu pai é professor e sofreu muito com a má educação de alguns alunos. Os pais hoje em dia acham que a culpa e o dever é do professor. Fazem da escola deposito e os governantes não preparam seus funcionarios para lidar com os jovens então acaba sendo um ciclo.
    Gostei da sua reflexão e concordo com a Dani, não está facil!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkkkkkkkk eu optei por licenciatura, realmente, somos sonhadores. Eu já vi esse filme duas vezes, forte, visse?!?!?! A realidade da educação não é fácil e isso é por vários fatores que extrapolam o senso comum divulgado diariamente, o ônus da história da educação no brasil é um reflexo dos problemas atuais...

    ResponderExcluir
  5. Oi Isabella, tudo bem?

    Gostei muito do seu texto e o filme deve ser mesmo emocionante. Realmente, concordo com o que você disse, para ser um bom educador deve ser bastante sonhador e deve ter amor por ensinar, por educar, por se doar aos seus alunos. Realmente é uma profissão difícil e não valorizada aqui no Brasil, mas sem os professores não seríamos nada.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem ?

    Adorei a postagem! Realmente, professores precisam ser mais valorizados e precisam também exercer seu trabalho fora da sala de aula, pois eles oferecem aos jovem algo muito precioso para que fique somente entre aquelas quatro paredes. Na faculdade vejo diversas pessoas que não dão valor algum para o ensino que estão recebendo - se preocupando quando o professor dá aula, ao invés do contrário. É difícil... Ainda mais quando sabemos que professores merecem o crédito pela formação de diversos profissionais que são ultra valorizados.

    Fernanda Oliveira | Meraki

    ResponderExcluir
  7. Olá!!

    Gostei do post.
    E vi um pedaço desse filme, e achei bem interessante. Já anotei para vê-lo inteiro.

    beijos

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Também vi o filme nesse dia e achei lindo demais, chorei bastante kkk
    Realmente a história é muito inspiradora e nos faz pensar na situação dos professores que se esforçam tanto por crianças que acabaram de entrar em suas vidas e logo se tornam seus filhos. Eu achei incrível a força dessa mulher e pensei muito e tantas outras professoras que também se desdobram para ajudar alunos e até as famílias deles.

    Bjos!

    ResponderExcluir
  9. Olá

    Gostei do post e Parabéns pela sua escolha.
    A educação no Brasil é uma coisa desmotivadora é preciso coragem eu diria além do amor pela profissão.
    O cenário que você descreve no início do post sobre a escola do filme, infelizmente é a realidade de muitos escolas e isso é ainda mais comum em estados pobres.

    Bjss

    ResponderExcluir
  10. Olá Isabella.
    Ótimo post flor. Realmente nem todo professor é um bom professor.
    Acho que quando o professor se interessa verdadeiramente pelo aluno, pelo o que ele está passando e tenta ajudar, esse sim marca vidas de forma positiva.
    O grande problema do Brasil, é que o governo deliberadamente desencoraja certas atitudes dos professores nas escolas publicas, como o interesse de incutir nos alunos o pensamento crítico e analítico.
    Infelizmente o caso do filme acontece muito e em vários lugares, torço para que esse quadro mude e as pessoas se conscientizem que todos precisam de educação.

    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Hello !
    Welcome. The "Directory Blogspot" it is not a spam, it's not a robot, it is a site like yours done by a person like you.
    The goal is to promote your blog in the world!
    I suggest you to publicize your blog by registering on the "international directory blogspot"
    The "directory" is 24 million visits, 194 countries of the world! and more than 19,000 blogs.
    In comments, please your URL. site name. and your Country
    Activity is only friendly
    Imperative to follow our blog to validate your registration
    We hope that you will know our site with your friends.
    Thank you for your understanding
    I wish you an excellent day
    sincerely
    Chris
    http://world-directory-sweetmelody.blogspot.com/
    Thank you to follow my blog - it is greatly appreciated! O)
    We follow your blog, please follow us in return!
    +++++++++++
    Olá!
    Bem-vindo. O "Diretório Blogspot" não é um spam, ele não é um robô, é um site como o seu feito por uma pessoa como você.
    O objetivo é promover o seu blog no mundo!
    Eu sugiro que você para divulgar seu blog, registrando no "blogspot diretório internacional"
    O "diretório" é de 24 milhões de visitas, 194 países do mundo! e mais de 19.000 blogs.
    Em comentários, agradar o seu URL. nome do site. e seu País
    Atividade é apenas amigável
    Imperativo para seguir o nosso blog para validar a sua inscrição
    Esperamos que você vai saber o nosso site com seus amigos.
    Obrigado pela sua compreensão
    Desejo-lhe um grande dia
    sinceramente
    Chris
    http://world-directory-sweetmelody.blogspot.com/
    Muito obrigado a seguir o meu blog - ele é muito apreciada! O)
    Nós seguimos o seu blog, por favor, siga-nos em troca!

    ResponderExcluir
  12. Oi! Eu já vi este filme em outra ocasião, e concordo que para esta profissão ser sonhador faz parte. Tive excelentes professores, do qual guardo boas lembranças. Só tenho a agradecer a todos os professores que passaram pela minha vida acadêmica. Tenho certeza que você será uma boa professora, pois teve bons exemplos como relatou e escolheu a profissão usou o coração.
    Bjs, rose.

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Adorei sua postagem, e acredito que faltam mais Stacey's na vida real, aqui no Brasil mesmo, há muitos locais que os professores dão aula sem quererem estar lá, com falta de educação e tudo mais. É claro que em muitos lugares os problemas são os alunos, e fico revoltada quando vejo materias de desacato por parte dos alunos.
    Mas acredito que professores são anjos na nossa vida, que nos ensinam não só as matérias da escola, e sim muito do nosso jeito de ser e de pensar.

    ResponderExcluir
  14. Oláá
    Nossa, não conhecia o filme mas parece ser muito interessante, gostei e me chamou atenção, com certeza vou procurar para assistir e adorei sua resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Amei essa postagem, falar sobre educação hoje em dia é tão triste, acredito fielmente que ainda existam professores como essa do exemplo, mas o desinteresse e falta de respeito dos alunos é desanimador a sociedade e principalmente ao professor que se vê desrespeitado e sem estímulo. A cada dia os jovens se importam menos com os estudos. Triste realidade. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  16. Oie, tudo bom?
    Eu já tinha visto esse filme e me apaixonei pela história. Bom, concordo com o que você disse, o professor precisa primeiramente estar ligado aos alunos. Concordo com a Joyce aqui em cima e falta mais respeito dos alunos, muitas vezes apoiados pelos pais. Os professores mereciam salários de jogadores porque exercem um trabalho tão ESSENCIAL na nossa sociedade e não recebem valorização.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...