terça-feira, 28 de julho de 2015

Minha Estante: Precisamos Falar Sobre o Kevin, Lionel Shriver

Olá, queridos leitores! Hoje eu vim resenhar para vocês o livro "Precisamos Falar Sobre o Kevin", de Lionel Shriver. Aqui no Brasil ele foi publicado pela Editora Intrínseca e pode ser encontrado em praticamente todas as livrarias, já que é um livro muito elogiado pelo público e crítica.


O livro traz a história de um massacre escolar fictício segundo a perspectiva de Eva Katchadourian, a mãe do assassino, que ao decorrer do livro vai relembrando o passado do filho Kevin. Durante todo o livro conhecemos a história de Kevin a partir de cartas que Eva envia a seu marido e pai do menino,  relembrando o passado e tentando analisar Kevin e entender o porquê de tamanha crueldade na chacina, da qual ela se sente culpada por ser constantemente acusada pela população.

Eva nunca quis ser mãe. Muito menos de um jovem que matou sete colegas, uma professora e um servente de sua escola. Mãe por pressão do marido e não por vontade, Eva não consegue sentir o tão famoso incondicional amor materno.  Desde a infância de Kevin podemos notar que há algo errado. O menino é dissimulado e faz de tudo para demonstrar seu total desprezo pela mãe ao mesmo tempo em que age de forma totalmente diferente com seu pai, Franklin, que o ama incondicionalmente.

Com o passar do tempo, acidentes estranhos começam a acontecer ao redor de Kevin: a bicicleta do vizinho é desparafusada misteriosamente levando a um acidente, uma colega com problemas de pele se coça até sangrar sem que ele faça nada, entre outros. Eva acredita que sejam sinais de que há algo muito errado com o filho, mas Franklin a repreende por cogitar que o menino tenha culpa.

 Eva resolve engravidar novamente. Ela precisa provar que pode amar um filho e ser amada também e assim nasce Célia, uma linda e adorável menininha a quem Eva se apega e passa a sentir o amor materno em sua totalidade. O nascimento da menina provoca um afastamento ainda maior com Kevin e também com Franklin, que não desejava outro filho. A partir do nascimento da filha, a mãe percebe que o problema não está com ela e sim com o menino que a cada dia se torna mais sádico, irônico e cruel.

Alternando entre o presente de Eva visitando Kevin na instituição em que se encontra  e o passado relatado nas cartas, até  fim do livro vamos conhecendo todos os antecedentes da chacina, inclusive a forma meticulosa como Kevin a preparou.
Vemos o desespero de Eva ao saber do acontecido na escola do filho, sem ao menos imaginar que o assassino pudesse ser o próprio filho. Quando chegamos nas partes finais do livro e o dia do crime é descrito em sua totalidade, há uma surpresa que choca o leitor de uma forma indescritível e inimaginável, já que desde o começo, Lionek Shriver não esconde o massacre ocorrido no fim. Também conhecemos um pouco mais sobre o Kevin, que passa a abrir uma pequena brecha para o diálogo com sua mãe.
“Quando a gente monta um show, não atira na plateia”

O que dizer? O livro é um thriller psicanalítico (gênero que amo demais) e é simplesmente magnífico! A forma que os personagens foram construídos e apresentados é clara e nos faz imergir na história. Não há um culpado: há uma soma de fatos, conflitos de personalidade e sim, a psicopatia de Kevin, que levam ao trágico assassinato em massa. Os pais são mostrados como realmente são, humanos que erram e acertam e podem como Eva ser autoritários e um pouco fechados ou como Franklin, omisso e sem pulso firme.

 O fato de o livro ser narrado por meio de cartas dá uma pessoalidade e um toque de mistério na obra que é diferente de todos os thrillers que já li. Uma coisa bem interessante também é o fato de a autora descrever vários outras chacinas reais que ocorreram naquele período, onde vários jovens com idade semelhante a de Kevin invadiram suas escolas e universidades, retirando a vida de vários inocentes. Creio que além de uma análise da sociedade atual americana, o livro também é um alerta aos pais, que devem estar atentos a comportamentos estranhos dos filhos e quem sabe assim, tentar evitar tragédias, embora nem todas possam ser de fato evitadas.

Vou deixar aqui com vocês o link de uma análise muito interessante sobre o filme, já que eu aqui,falei sobre o livro - Análise Filme

Gostou do post? Então dê G+ para nos ajudar a divulgá-lo! Siga o blog no GFC e curta a página Pausa pra Conversa no facebook!




42 comentários:

  1. Eu ADORO o livro e o filme. Essa história é tão perturbadoramente maravilhosa. Quando li, foi bem intenso, me lembro que pensava o dia todo sobre os personagens, sobre a história. SEMPRE recomendo pra todo mundo! haha

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Já li o livro e vi ao filme e sou loucamente apaixonada por ambos! Eu tenho uma quedinha por serial killers e adoro o Kevin e seu jeito capcioso! Essa é uma história profunda e perturbadora e o mais interessante para mim é o questionamento que a autora deixa sobre mães em filhos naturalmente se amarem, coisa que não acontece no relacionamento dos protagonistas, apesar que no final temos certa impressão de que eles se amavam sim, à sua maneira.

    Beijos,
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Isabella. Quero ler este livro há muito tempo, sempre quis ver o filme, mas quero ler o livro antes. Assim que surgir a oportunidade o farei. Fico feliz que tenha gostado!
    Beijo,
    www.pactoliterario.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, Isabella.
    Sou uma estranha no ninho rsrs. Ainda não li e nem assisti ao filme rsrs, esculto tantos elogios e leio resenhas incríveis sobre o livro, por sinal a sua é uma delas. Sabe quando não esta no momento para determinada leitura? Acho que meu momento para ler este livro em questão ainda não chegou, então vou aguardar.

    Bjs
    http://nosleitoras.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu já assisti ao filme e ele entrou para minha lista de favoritos. É de uma genialidade absurda. Desde então eu tô louca para ler o livro, mas ainda não tomei vergonha na cara de comprá-lo :(
    Você me deixou mais curiosa ainda pela leitura!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  6. Amore, escreve muito bem...parabéns!!! Não curto este tipo de leitura, gosto mais de livros espiritualizados, que falam de virtudes, e de qualquer forma de crescimento espiritual.bjsss
    www.katiamagal.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, eu sou louca pra ler esse livro, mas ainda não tive a oportunidade. Porém assisti ao filme e foi genial. Espero poder fazer essa leitura muito em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Isabella..
    Eu também amo o gênero, mas confesso que ainda não conhecia, apesar de você citar que o livro já elogiado. De qualquer forma gostei de conhecer e leria se tivesse oportunidade.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. eu vi o filme e quero demais ler o livro. gosto da tematica que ele aborda...
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Nunca assistir e nem li o livro, na verdade nem tinha conhecimento nas obras. Ou seja, voce acaba de me atualizar. rs

    http://luxuosoestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Tenho um amigo que leu e gostou do livro! Mas não só isso ele sempre me indica, rs.
    Sua resenha está de parabéns. Eu só não sabia que tinha um filme
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Esse é um dos meus filmes favoritos então sinto MUITA vontade de ler o livro. Por ser muito caro eu acabo adiando a compra, mas quero adquiri-lo ainda esse ano. Sua resenha ficou ótima, parabéns. Ah, amo demais o Kevin e pode parecer estranho mas senti muita pena dele, até torci por ele... Mas enfim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Acho que a história deve ser bem densa, mas por se tratar de um thriller não chama minha atenção.
    Mas minha prima está fazendo a leitura e me disse que está mexendo muito com ela.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  14. Adoro este livro, bem mais do que o filme. heheh

    Fiquei um bom tempo querendo lê-lo, até que finalmente peguei na biblioteca e as minhas expectativas foram excedidas \o/

    bjs

    ResponderExcluir
  15. Quero muito ler o livro e vou procurar o mais rápido possível o filme. Eu gosto de histórias que trazem crianças psicopatas e sociopatas. A gente tem a tendencia de achar crianças são seres mais angelicas, mas nem sempre é assim. Pelo o que você pontou, acho que vou gostar muita do abra.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Jesus amado, sempre vi falarem sobre o filme e sobre o livro, mas nunca havia lido nada sobre eles e nem reparado que a história é tão sombria assim.Gosto demais de livros assim e quando puder com certeza irei lê-lo. E se conseguir o filme antes, não vou resisti e assisti-lo antes,hahaha

    Amei a sua resenha, ficou ótima, de verdade.

    bjs

    ResponderExcluir
  17. Oii!
    Eu tenho muita curiosidade tanto pelo livro quanto pelo filme. Já vi o trailer do filme, o que por si só serviu pra me instigar muito, mas não assisti ainda porque quero ler o livro antes de assistir ao filme.
    Adorei os pontos ressaltados em sua resenha, espero muito poder fazer a leitura o quanto antes!

    Beijos!
    www.palavrasradioativas.com

    ResponderExcluir
  18. Eu não sabia sobre o que se tratava a trama, e agora que sei, uau. Adorei a história, já quero ler a obra e conferir o filme! Sua resenha me deixou ansiosa para ler!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  19. Oiee isabella!
    Caramba, como eu não conheci esse livro/filme antes!? depois da sua resenha, vou correndo ver o filme para depois dler o livro (sim, faço ao contrário as coisas). Gostei muito do enredo do livro e a sua resenha só me deixou mais intrigada. é o tipo de livro que eu gosto!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  20. Oi Isabella, tudo bem?
    Sempre tive vontade de ler esse livro mas nunca li, ainda não sei por que haha.
    Achei sua resenha bem detalhada e só consegui ficar com mais vontade ainda de ler o livro!

    Beijos
    http://www.lanaminhaestante.com

    ResponderExcluir
  21. Oi Isabella, tudo bem?
    Não curto muito o gênero, e essa coisa de massacre escolar não é pra mim, por isso não leria o livro.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  22. Eu nunca li nada do gênero, mas fiquei muito curiosa para ler.
    Adorei sua resenha, e caramba!!! Livros narrados por cartas realmente dão um toque de mistério bem top.
    Amei

    ResponderExcluir
  23. Olha eu sinceramente não curto muito esse tipo de gênero não.
    Mas a história me pareceu ser um pouco assustadora pelo que li ai na sua postagem.
    Mas eu não sei, nem posso julgar, porque nunca li, mas só pelas imagens já deu medo =x
    Mas mesmo assim espero que seu outro publico goste !

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/07/resenha-o-cachorro-e-seu-menino.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha eu estou colocando aqui meu outro link
      porque você esta no mesmo grupo de comentário que eu

      http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/07/resenha-sombra-de-um-anjo.html

      Excluir
  24. Oi, tudo bem?
    Eu vi o filme por cima e gostei bastante da premissa, por isso tenho curiosidade com o livro, mas como não é do gênero que costumo ler eu sempre acabo deixando para depois, sabe? Mas acredito que esse livro iria me prender bastante e me conquistar também.

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Olá, tudo bem?
    O livro parece, realmente, ser muito bom, mas tenho certo receio de ler livros do gênero por serem muito pesados. Além disso, nunca li um livro que fosse narrado através de cartas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Perturbadora e maravilhosa história, conheci através do filme mas aqui no seu blog vi que existe o livro também. Adorei! Vou procurar pra adquirir

    ResponderExcluir
  27. Não conhecia o livro e nem o filme, mas pelo sinopse parece ser bem interessante. Sempre dizem que o livro é melhor que o filme, acredito que seja pois possui mais detalhes. Beijos, Érika

    *www.queroseralice.com.br*

    ResponderExcluir
  28. Não conhecia nem livro e nem o filme, mas acho que não faz o meu tipo de leitura
    Beijos
    Myself here

    ResponderExcluir
  29. Não conhecia este livro. Pelo que percebi pela sua resenha parece ser um livro bem detalhista e que te prende do inicio ao final. Gostei bastante da sua resenha, nunca li nenhum livro neste estilo e gostei bastante.
    Beijos
    Larissa (http://laoliphant.com.br/)

    ResponderExcluir
  30. Olá Isabelle,
    Parabéns pela resenha, gostei muito da forma como apresentou o livro.
    Não tenho pretensão de lê-lo por enquanto, assisti o filme e confesso que fiquei meio impressionada com a história e com tudo que acontece. Na maioria das vezes o filme é bem melhor que o livro e eu me sinto mais conectado com os personagens, por este motivo que não pretendo ler, acho que não estou totalmente pronta para uma leitura assim.

    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  31. Oláá
    Eu estou louca para ver o filme e principalmente ler o livro, adoro temas assim mais fortes e que chama a atenção, ótima dica.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Ola lindona menina ainda não assisti o filme nem li o livro, mas que enredo forte hein, adorei a premissa . Já estou indo comprar o livro adoro esse gênero, e a posição da mãe é bem complicada mas não podemos amar um filho e outro não. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  33. Não conhecia e gostei muito da indicação. Surpreendente o enredo, estou precisando de livros assim... parabéns pela ótima indicação e pela excelência na resenha! Tudo perfeito, estou babando!@

    ResponderExcluir
  34. Olá... tudo bem??
    Não sabia do livro e nem do filme, mas fiquei altamente curiosa pelos dois... adoro um Thriller psicológico e bem elaborado. O que me deixou com receio foi a narrativa ser em formas de cartas.. mas a minha curiosidade é muito alta quando se trata dessa temática, então é claro que o livro vai para a listinha... fico me perguntando como é nascer com uma mente assim, pelo que percebi o garoto já tem essa mente doentia desde criança... parece que é instinto. Quando um ato cruel desse acontecem, os pais são culpados, mas daí devemos pensar será que são mesmo?? Enfim... é algo para se refletir... minha vó sempre dizia que nasce com instinto ruim será sempre assim... Xero!

    ResponderExcluir
  35. Não cheguei a me interessar pelo livro, e o filme também não chamou minha atenção, apesar do gênero estar entre os que eu goste.
    bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  36. Eu simplesmente AMO esse livro. Quem diz que não se interessou não sabe o que está perdendo, o livro é todo sensacional. Mas não dá pra gente enfiar na cabeça de todo mundo, né? :\
    Enfim, gostei da sua resenha!
    Um abraço,
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  37. Oiii achei muito boa a resenha, não conhecia o livro, mas definitivamente ele não é o meu tipo de leitura, por isso vou deixar passar a sua dica ok?

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  38. Olá, muito boa a resenha! Confesso que ao mesmo tempo eu tenho curiosidade, eu tenho um receio enorme de ler. A obra é bastante tensa e arrepiante. Não sei quando irei ler, mas quem sabe um dia kkk.
    Beijos, sucesso.

    ResponderExcluir
  39. "Olá, confesso que não sou muito chegada em ler um livro no formato de cartas. Mas falam muito bem desse então talvez eu dê uma chance mais pra frente. Obrigada pela resenha"
    Angel Sakura
    www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  40. Olá Isabella!
    Eu já assisti ao filme e gostei bastante, sempre tive curiosidade em ler o livro mas não é prioridade no momento.
    Ótima resenha.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  41. Ei, tudo bem?
    Estou muito curiosa para ler esse livro. Parece ser uma história muito interessante e me deixou com muita vontade de conferi-lo. Adorei a sua resenha!

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...